O que esperar de Guedes à frente da Economia?
1 de janeiro de 2019
Expectativas positivas para o governo Bolsonaro
2 de janeiro de 2019

Sem surpresas na largada

O presidente Jair Bolsonaro começa o seu governo sem surpresas. Seus discursos, tanto no Congresso quanto na Praça dos Três Poderes foram na linha do que sempre disse durante a campanha e após sua vitória nas urnas.

O apelo ao Congresso foi mais do que esperado e o aceno, de certa forma, será inicialmente bem aceito.

O desafio inicial será o de encaminhar uma solução favorável nas eleições do Congresso.

Na Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) é o favorito. O Presidente nacional do PSL, o deputado federal eleito Luciano Bivar (PSL-PE) se reuniu na manhã dessa quarta-feira, 2, em Brasilia com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e fechou o apoio da bancada à reeleição dele para o comando da Casa.

No Senado, o MDB deve continuar no comando no comando da Casa. Renan Calheiros (AL) também desponta como favorito. Mas há outros nomes na bancada pleiteando o posto, como a senadora Simone Tebet (MS).

Ambos – Maia e Calheiros – não serão antagônicos ao novo governo. Mas, como “prima donas” da política, vão demandar atenção e cuidado. Além de linha direta com Bolsonaro.

Porém, nada está definido. As próximas duas semanas serão críticas para consolidar as tendências.

O certo é que Bolsonaro terá maiorias operacionais no Congresso. Pelo menos em seu início.